domingo, maio 16, 2004

fuck!!

Olá outra x...

Parece que vou escrever muito hoje, por aqui...

São 22h06m... estipulei que esta seria a hora em que eu daria por terminadas as correcções das dissertações e que iria jantar... baahh! Parece que afinal só vou jantar lá para as 23h, faltam 4 dissertações... ainda!!!

Credo, tou a desesperar... inda por cima os únicos pensamentos que me vêm à cabeça desde que acordei são os da noite passada... algo que contarei talvez amanhã com mais calma. Foi uma noite que não foi boa, nem foi má, foi uma grande merda pa ser sincera... Mas porque será que bloqueio e não reajo como deveria reagir?!?! Enfim...ultrapassam-me estas reacções por vezes estúpidas que eu tenho...

Aii a minha vida... bom, é melhor continuar a corrigir aquilo, senão nem amanhã saio daqui.

Até mais logo... se houver um "mais logo"...

características do meu signo

Bom, como já estou perdida por aqui há algumas horas para tentar colocar as minhas características na parte lateral deste blog, e como não percebo nada disto e já estou a desesperar, decidi que o melhor mesmo é pô-las aqui :)

Período:
20 Abril a 20 Maio

Planeta Regente:
Vénus

Elemento:
Terra

Qualidade:
Fixo

Polaridade:
Feminina

Pecado capital:
Luxúria

Signo Complementar:
Escorpião

Oposto Psicológico:
Sagitário

Dia da Semana:
Sexta- Feira

Cores:
Verde, Cores Pastéis, Bege, Branco, Rosa, Azul e todas as suas matizes.

Metais:
Cobre, Bronze

Casa Astrológica:
II

Estação do Ano:
Primavera

Carta do Tarot:
O Papa

Temperamento:
Melancólico

Pedras Preciosas:
Esmeralda, Turquesa, Alabastro, Jaspe Esverdeado, Ágata, Safira Transparente, Opala, Quartzo Rosado.

Flores e Plantas:
Papoila, Rosa, Violeta, Lírio, Margarida.

Animais:
Rebanhos, Pomba, Touro, Foca.

Perfumes:
Verbena, Canela, Rosa, Violeta, Jacinto.

Números Característicos:
4,6

Música:
Romântica, Envolvente e Quente

Potencial Psíquico:
Fixação no corpo (massagens).

Palavras Chave:
Possessividade, Permanência, Estabilidade, Eu tenho.

Símbolos:
Touro, Árvore, Dinheiro

Mitologia e Simbologia:
Numa praia de Tiro, um grupo de raparigas diverte- se, cantando e dançando alegremente. Entre elas, está Europa, filha do rei Agenor, a mais bela de todas.
Este grupo de raparigas é abalado pela aparição de um enorme touro branco, que depressa as assusta. No entanto, Europa é a única que não foge; simplesmente, pára de cantar e observa o animal que era, na verdade, o Deus Júpiter, transformado em touro.

A jovem aproxima-se do touro e este, de imediato, deita-se aos pés dela e deixa-se acariciar por Europa, que lhe faz festas no pêlo e o enfeita com flores. As outras raparigas do grupo acabam por ganhar confiança e aproximam-se de ambos.

Repentinamente, o touro levanta-se e foge em direcção ao mar, levando Europa no dorso. O touro nadou até uma praia em Creta, onde finalmente se baixou para que a jovem pudesse descer.Sem medo nenhum, Europa entrega-se ao formoso animal.

Em homenagem a este episódio, o belo animal foi elevado aos Céus onde formou a constelação de Touro.

No Mito do signo de Touro, quando Europa se equilibra neste animal para conseguir realizar a travessia do mar, está patente a representação da necessidade que temos em nos equilibrar durante a procura do nosso lugar, do nosso paraíso. Simboliza que, nesta travessia, não podemos parar, que temos que atravessar os nossos caminhos em busca da verdadeira medida, do verdadeiro padrão a ser utilizado na nossa produção, na nossa vida. No mito, o Touro corre para sobreviver, corre para expressar toda a sua sensualidade, corre para concretizar o seu prazer.
O signo de Touro é o símbolo da terra, da abundância de formas e da multiplicidade dos estímulos sensoriais, da fartura dos sabores, dos mais variados cheiros, das inúmeras cores e dos diversos sons. Ao simbolizar a terra, simboliza também a matéria, a natureza,a força, o realismo e o bom senso, de onde podemos extrair as coisas mais simples, alegres e profundamente prazerosas, que oferece em abundância, garantindo sempre uma segurança. No fundo, o signo de Touro é a expressão estática da Terra, a expressão de uma massa portadora de vida onde predomina o espírito de lentidão, de densidade, de permanência, de solidez, de firmeza, de constância e de estabilidade.

Simboliza todos os processos em que o sentido de ter e o sentido de valor estão envolvidos. É o símbolo visível do concreto, da manifestação corporal por excelência, que proporciona uma compreensão da natureza animal, da capacidade de projecção e constituição de todos os instintos.

No Amor:
Muito determinado e prático, o seu poder de realização é inesgotável. É capaz de suportar qualquer coisa, desde que possa alcançar um resultado positivo com ela, que traga algo de bom, de belo e que represente o lado mais terreno e sensual da vida mas, a sua perseverança, também se pode transformar em pura teimosia. Por vezes, tende a ser um pouco possessivo não só com a pessoa amada como também com os amigos.

É extremamente afável e apega-se às coisas com muita facilidade necessitando de conservar tudo o que a natureza lhe oferece. Os nativos deste signo procuram estabilidade emocional e, por isso mesmo, pessoas com os mesmos tipos de interesses.

Possui uma vitalidade sólida e por vezes estanca essa vitalidade numa vida de prazeres, dominada pelas paixões. Emociona-se perante a beleza, sendo capaz de expressar o amor em todas as formas. Vive em função do amor, da paixão e da segurança que lhe permita poder manifestar esse mesmo amor.

A Mulher e o Amor:
No amor, ela sabe aproveitar todos os momentos passados ao lado da pessoa que ama. Quando está apaixonada, não mede esforços e carinho; mimos e muita ternura serão sempre insuficientes para agradar àquele que ama.

Traços da Personalidade:
Positivos - Prático, Conservador, Escrupuloso, Guloso, Sólido, Determinado, Afectivo, Bondoso, Firme, Doce, Sensual, Perseverante, Construtivo, Determinado, Leal, Paciente, Persistente, Confiável.

Negativos - Materialista, Tímido, Teimoso, Possessivo, Ciumento, Ganancioso, Obstinado, Rancoroso, Compulsão pelos prazeres dos sentidos.

«fonte de pesquisa: clix.pt»

véspera de aniversário

Boas!

Hoje é a véspera do meu aniversário... yah, devia sentir-me sentir-me feliz, mas não estou feliz por aí além. Estou longe de casa, da família, dos amigos e só por isto a minha felicidade não é completa.

Bom, só por isto, só por isto, não é bem assim... estou cheia de trabalho e tenho uma viagem já planeada para esta quinta-feira que vem e estou ver-me sem tempo para organizar tudo da melhor maneira possível. Não adianta fazer planos, esquematizar isto e aquilo, porque tudo o que planeio tem, por norma, que sair completamente do avesso...

Entre inscrever-me e principalmente escolher (acho que esta parte é a mais difícil para mim, porque quero ter a certeza que estou a fazer a escolha certa, para depois não me arrepender no futuro) um tema de mestrado - e já vou atrasadíssima nos prazos de inscrição -, tenho ainda que ver como cancelo a minha conta de internet, arranjar caixas e caixotes para começar já a empacotar as minhas coisas, encontrar uma casa para morar no próximo ano lectivo neste país sem sol mas com mar (tipo, falar com os Landlords, marcar apointments para ver as casas, escolher uma com uma renda acessível, enfim...), e acima de tudo ainda tenho uma pilha considerável de dissertações dos meus alunos para corrigir (sobre os mais variadíssimos temas), bem como uma pilha de exames finais do 2º ano- Intermediate e ainda mais uma pilha - não tão volumosa como as outras - de tpc's (esta última já era suposto nem existir mais, mas a preguicite aguda foi mais forte do que a vontade)... Bom, e tenho isto tudo para fazer e tenho apenas o dia de hoje e mais 3 dias úteis!! Que bom!! :(

Mas amanhã é o meu dia (cheio de trabalho também, por sinal - vigiar e corrigir exames -), e os meus desejos para o grande dia de amanhã são os mesmos (suponho) de toda a gente para um dia especial como aquele:
- muito amor
- muita felicidade
- muita saúde
- muita paz
- muito divertimento
P.S.- os mais secretos...são secretos...lolol :p e são para se pedirem depois de se apagarem as velas - coisa que este ano infelizmente não vou ter... nem bolo, nem velas - e enquanto se mordem os "cús" das velas debaixo da mesa (não me perguntem, sempre fiz assim, mas parece que nem toda a gente tem a mesma mania).

E pronto, foi só um desabafo... pode ser que agora, e depois do duche que vou tomar, que a coragem e a vontade de fazer alguma coisa muito útil (como corrigir as cenas que tenho para corrigir) me invadam e que fiquem pelo menos até o trabalho acabar ou estar muito bem encaminhado.

Carpe Diem :)
Beijos e/ou Abraços (depende de cada um)